100%

Leco denuncia furto de água em escola municipal

Leco denuncia furto de água em escola municipal Leco deu prazo de 30 dias, senão levará a denúncia ao conhecimento do Ministério Público
Pelo menos oito famílias estão com ligações clandestinas de água à rede de uma escola municipal de Portão. Foi o que denunciou Alexsandro Argenta (PMDB), o Leco, na Tribuna da Câmara de Vereadores, na sessão da última segunda, dia 21. Conforme ele, o caso foi passado em março deste ano às secretarias da Educação e de Obras sem ser publicizado, mas nenhuma atitude teria sido tomada. “Procurei resolver nos ‘bastidores’, mas não tive a devida atenção. Agora não posso mais ficar calado. Formalizei minha denúncia mediante um protocolo feito no dia 31 de julho. É um problema grave, que não vem de hoje.”

Leco destacou que a energia elétrica e a manutenção do sistema são despesas pagas pelo Município e, consequentemente, pelos contribuintes portonenses. “Não acho justo você e eu termos que pagar as contas de luz e de água de nossas casas em dia enquanto há pessoas tirando vantagem e proveito de uma escola do Município”, criticou.

O peemedebista anunciou ter determinado um prazo de 30 dias para a Administração Municipal resolver o problema. Caso contrário, ele vai levar a denúncia ao conhecimento do Ministério Público para que os responsáveis respondam judicialmente por omissão.

Notícias

Zé Toquinho propõe homenagem a garis
Zé Toquinho propõe homenagem a garis

Ato será realizado na Câmara de Vereadores, no dia 29 de novembro, às 18h. Alunos da Escola Fraga que desenvolveram projeto sobre garis também serão destacadas.