100%

Gerson questiona corte de gastos com exames médicos

Gerson questiona corte de gastos com exames médicos Gerson diz que precisa de dados oficiais para fiscalizar a aplicação das verbas públicas
Protocolado na sessão da última segunda, dia 6, o Pedido de Informação 13/2018, de autoria de Gerson Roza (MDB), levanta discussão acerca dos investimentos que a Prefeitura tem feito na área da saúde. O vereador comentou que está preocupado com a situação, porque a população tem se queixado que não há mais exames de eletroencefalograma e tomografia disponíveis para este ano na Secretaria Municipal da Saúde.

“A meu ver, deveria haver mais recursos para esta finalidade. Vejo casos de crianças especiais precisando de eletro para acertar o medicamento anticonvulsivo. Tem cidadão com suspeita de câncer, então tem que ter [exames] para essas situações”, defende. Para fiscalizar a correta aplicação das verbas na área, Gerson observa que precisa ter acesso aos dados da Secretaria da Saúde.

Ainda na sessão de segunda, o parlamentar encaminhou o Pedido de Informação 14/2018, em que pede ao governo municipal informações acerca da recente venda da folha de pagamento ao Bradesco. “Quero saber o valor que foi angariado e onde será aplicado o valor. Essas informações são necessárias para passarmos respostas à sociedade, que nos questiona periodicamente. Além do mais, precisamos ter embasamento para fiscalizar com propriedade”, justifica.
Protocolos desta Publicação:Criado em: 08/08/2018 - 12:55:29 por: Marcelo Ricardo Fiori - Alterado em: 08/08/2018 - 12:55:29 por: Marcelo Ricardo Fiori

Notícias