100%

Leco critica incoerências da bancada governista

Leco critica incoerências da bancada governista Leco se queixou que o governo não adota suas propostas para melhorar a cidade
Alexsandro Argenta, o Leco (MDB), fez críticas a práticas da Administração Municipal e de vereadores da situação ao manifestar-se na Tribuna do Legislativo nesta segunda, dia 11. Para ele, é estranho a bancada governista criticar determinadas medidas no Legislativo mas, ao mesmo tempo, fechar os olhos para duas contratações de filhos de vereadores para cargos na Prefeitura. “Não vejo ninguém falando em lamaçal e demagogia aqui na Casa. É preciso se olhar no espelho e se ver se o que está cobrando é o que está fazendo.”

O jovem também vê incoerência em relação ao princípio da economicidade na administração pública local. Enquanto se exige reiteradamente cortes de gastos na Câmara, o Executivo reajustou em dezembro as diárias pagas a agentes políticos, citando que o prefeito, ao viajar a Brasília, tem direito a R$ 641,53/dia.

Outra crítica dele é em relação ao IPTU 2019, cujos carnês tinham previsão de entrega para o início de fevereiro e depois para o final do mesmo mês. Até agora, porém, não chegaram às mãos dos contribuintes. Na visão dele, o objetivo disso é esperar que avance o mutirão de limpeza das ruas, pois muitas ainda não foram limpas neste governo.
 
Ideias engavetadas
Leco também se queixou que o governo não adota boas propostas que a bancada da oposição apresenta para ajudar resolver problemas da cidade. Segundo ele, os projetos ficam todos engavetados na mesa do prefeito. Entre as áreas que precisam de uma ação imediata, disse, está a substituição de canos e limpeza de bueiros para reduzir os alagamentos.

Em seu discurso, o emedebista também lamentou que o contrato entre o Município e uma escola de educação infantil particular, firmado há mais de um ano, não sofreu reajustes e, consequentemente, isso poderá levar ao fim do serviço. “Fui procurado por pais que estão preocupados. Essa escola cobra 590 reais por meio turno, mas do Município recebe apenas 500 reais pelo dia todo, incluindo alimentação, então não sabe se vai poder continuar com o atendimento.”

O vereador apresentou nesta segunda-feira o Pedido de Providência 19/2019 para que seja roçado o passeio público da estrada Boa Vista. Devido ao matagal hoje existente, ciclistas e pedestres se obrigam a transitar pelo leito da rua, em meio a carros e caminhões.
Protocolos desta Publicação:Criado em: 12/03/2019 - 12:43:02 por: Marcelo Ricardo Fiori - Alterado em: 12/03/2019 - 12:43:02 por: Marcelo Ricardo Fiori

Notícias