100%

Leco está preocupado com falta de medicamentos e infestação de mosquitos

Leco está preocupado com falta de medicamentos e infestação de mosquitos Leco debateu temas sobre a saúde pública, como falta de medicamentos e proliferação de mosquitos
Alexsandro Argenta, o Leco (MDB), debateu questões de saúde pública ao ocupar a Tribuna do Legislativo na sessão desta segunda, 1º de abril. Ele protocolou o Pedido de Informação 04/2019, em que questiona o governo municipal a respeito da falta de medicamentos na Farmácia Municipal.

No documento, o vereador busca saber quais remédios a aquisição é de competência do Município adquirir, quais são de responsabilidade do governo estadual; pergunta quais estão em falta e qual a média disso; e quais orientações são passadas aos pacientes quando a medicação não está disponível. “Essas informações são necessárias tendo em vista as reclamações recebidas sobre a falta de medicação em nossa Farmácia Municipal”, diz Leco, que está disposto a ir à Secretaria Estadual da Saúde fazer reivindicações para que o fornecimento seja regularizado.

Outra questão que preocupa Leco é quanto ao aumento da proliferação de mosquito em vários pontos do município. Morador do Condomínio Campo Grande, num apartamento de terceiro andar, ele constatou que começaram a aparecer desses insetos — algo nunca antes visto ali. A hipótese de que há uma infestação ganha força com relato de professoras, que disseram a Leco enfrentar o problema em sala de aula. “Gostaria de saber da prefeitura se há uma perspectiva do porquê da proliferação e, quem sabe, aplicação de fumacê para amenizar a situação.”
Protocolos desta Publicação:Criado em: 02/04/2019 - 09:22:42 por: Marcelo Ricardo Fiori - Alterado em: 02/04/2019 - 09:22:42 por: Marcelo Ricardo Fiori

Notícias