100%

Vereadores aprovam incentivo a paratleta de destaque nacional

Vereadores aprovam incentivo a paratleta de destaque nacional Gilsinei, entre Adair e Jorginho, começará as disputas no próximo dia 12
Pelo segundo ano consecutivo, a Câmara de Vereadores aprovou a liberação de verba municipal ao paratleta Gilsinei Pesamosca da Rosa, da Apae Portão, e seu treinador, Paulo Antoni. A Prefeitura irá destinar até R$ 10 mil para o portonense disputar a etapa regional (Curitiba) e as três etapas nacionais (São Paulo) do Circuito Brasil Loterias Caixa de Atletismo.

O incentivo financeiro do Município irá custear passagem aérea, hospedagens, transporte e alimentação, tanto do atleta quanto do treinador, mas não será um repasse único. O texto determina que, à medida que o atleta passa para as fases subsequentes da competição, o Executivo libera R$ 2.660,00.

Na justificativa ao Projeto de Lei 17/2019, o prefeito Renato Chagas (PDT) argumenta que Gilsinei acumula várias vitórias — entre elas a primeira colocação no ranking regional das categorias de corrida masculina, o que o classifica ao Circuito Brasil Loterias Caixa de Atletismo, nas categorias de corrida de 100m, 400m andantes e salto em distância.

“O atleta busca índices para ser selecionado pela Seleção Brasileira, que irá representar o país no Circuito Paraolímpico de 2019, e, principalmente, para o objetivo maior: a paraolimpíada de Tóquio, em 2020”, afirma o prefeito. O portonense, na visão dele, é um exemplo de superação para tantos jovens que se encontram desmotivados pelas limitações físicas.
 
Debates
Em plenário, os vereadores enalteceram o exemplo de Gilsinei, mas assim como no ano passado foram feitas ressalvas quanto às políticas municipais de incentivo ao esporte. Alguns legisladores disseram que o Município deveria investir mais nos atletas que representam Portão em competições fora.

Para Márcio Lacerda (PDT), o PL significa que a Administração Renato Chagas “abraçou” o competidor, conforme promessa de campanha. Além de elogiar o Executivo pela iniciativa, Adair Rocha (MDB) afirmou esperar que outros atletas, em outros momentos do ano, também sejam contemplados com verba municipal.

José Volmar Wogt (PDT) observou que na Câmara foi necessário contornar entraves jurídicos para que o projeto fosse a votação em plenário. “Achamos um caminho para essa situação e, no futuro, esperamos que seja instituído o Fundo Municipal de Esportes para amparar a todos que precisarem de ajuda de custo.”
 
“O mínimo”
De acordo com Paulo Bonini (Progressistas), aprovar o PL é “o mínimo que os vereadores podem fazer”, porque o ideal seria este tipo de política nem ter de passar pelo Legislativo, beneficiando a todos que precisam. João Pedro (PT) também defende que o melhor seria a Câmara aprovar um amplo pacote de patrocínios a todos que representam Portão em outros estados e países em vez de projetos específicos para determinados atletas.

Além de parabenizar Gilsinei pela dedicação ao atletismo, Luiz Bandeira (SD) pediu que ele, à medida do possível, compartilhe suas experiências com outras crianças e adolescente. Neste contexto, o vereador ressaltou que outros atletas devem ter direito a esse mesmo apoio financeiro.

O presidente da Câmara, Diego Martins (MDB), sente orgulho pelas importantes conquistas que o paratleta da Apae traz a Portão. “Só que quero ver mais gente como ele. Semanalmente alguém nos procura pedindo ajuda. Por isso, iremos lutar pelo Conselho e o Fundo Municipal do Esporte — dois instrumentos jurídicos para que as pessoas possam apresentar seus projetos.”
 
As datas das provas

12 a 14 de abril: Curitiba-PR
9 a 11 de maio: São Paulo-SP
9 a 11 de agosto: São Paulo-SP
27 a 29 setembro: São Paulo-SP
Protocolos desta Publicação:Criado em: 03/04/2019 - 07:45:09 por: Marcelo Ricardo Fiori - Alterado em: 03/04/2019 - 07:45:09 por: Marcelo Ricardo Fiori

Notícias