100%

Assistência Social tem R$ 356 mil para investir, afirma Zé

Assistência Social tem R$ 356 mil para investir, afirma Zé Wogt sugere que a Prefeitura proponha um convênio com o Hospital para reabertura das capelas
José Volmar Wogt (PDT), o Zé Toquinho, afirmou na sessão desta segunda-feira, 8 de abril, que a Secretaria da Assistência Social e Habitação tem disponível R$ 356.771,56 do Ministério da Cidadania para aplicar no atendimento à população portonense de baixa renda. “É um dinheiro que foi ‘localizado’ na minha viagem a Brasília dias atrás. Parte disso já estava depositado há um bom tempo, mas por algum motivo não havia sido gasto. Já me reuni com o secretário Roberto e a assistente social Juliana para vermos como aplicar o recurso, para atender as demandas sociais em benefício da sociedade”, explicou o legislador, em mais uma prestação de contas de sua agenda na capital federal.

A partir da Tribuna, o pedetista disse trabalhar para que Portão volte a ter capelas mortuárias públicas. A sugestão dele é a Prefeitura firmar convênio com o Hospital de Portão para reativar os antigos espaços, que já têm estrutura pronta e adequada para este fim. “Muitas famílias, principalmente de baixa renda, reivindicam espaço público para velar seus entes queridos, porque não possuem condições de pagar as despesas com o funeral”, argumenta.

Outra demanda apresentada pelo parlamentar ao Poder Executivo é a criação de uma equipe de poda, seja municipal ou empresa terceirizada. Ele observa que nesta época do ano a demanda aumenta muito e, no município, há muitas ruas e passeios obstruídos por árvores.

 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 09/04/2019 - 11:55:45 por: Marcelo Ricardo Fiori - Alterado em: 09/04/2019 - 11:55:45 por: Marcelo Ricardo Fiori

Notícias