100%

“Não há Secretaria da Saúde, mas sim da Doença”

“Não há Secretaria da Saúde, mas sim da Doença” Bonini salientou que a troca de lâmpadas nos bairros tem demorado demais
Ao manifestar-se na Tribuna da Câmara segunda, dia 27, Paulo Ricardo Bonini (PP) disse que Portão não tem Secretaria da Saúde, mas sim Secretaria da Doença, porque, na visão dele, a pasta não atua em caráter preventivo. “Quando não se tem médico nos postos, quando não se tem pediatra no hospital, é porque aqui só se trata a doença, e isso me preocupa”, alerta.

Em seu pronunciamento, o vereador também apontou a necessidade de o governo municipal melhorar a resposta à população no que se refere aos serviços de iluminação pública. Segundo ele, é recorrente a queixa de moradores de vários bairros, que relatam muita demora para a substituição de lâmpadas queimadas.

“Não acho que a Câmara seja o local certo para cobrar isso, porque a gente vai lá direto, só que não está acontecendo. A espera pela troca de lâmpadas demora meses”, lamenta. A necessidade de a Prefeitura investir em um novo caminhão para a equipe — questão levantada no Legislativo em várias sessões desde 2017 até hoje — tem o apoio do parlamentar.

O progressista também fez comentários sobre a polêmica em torno do salário do presidente do Banrisul, que encontra resistência na Assembleia Legislativa do RS. Para Bonini, a população gaúcha não aceita remunerar o cargo em mais de R$ 100 mil/mês, considerando que o poder público do Rio Grande do Sul enfrenta grave crise financeira.
Protocolos desta Publicação:Criado em: 28/05/2019 - 12:43:40 por: Marcelo Ricardo Fiori - Alterado em: 28/05/2019 - 12:43:40 por: Marcelo Ricardo Fiori

Notícias